Igreja distribuirá 500 mil Youcat ao Brasil

A Fundação de Direito Pontifício “Ajuda à Igreja que Sofre”, financiou desde outubro, a distribuição de 500 mil Youcat no Brasil, onde são esperados milhares de jovens por ocasião da próxima Jornada Mundial da juventude. Outros 12.500 exemplares em língua espanhola já foram distribuídos nas diversas dioceses do continente.

Esta versão do catecismo virou sucesso já na edição de Madrid da JMJ. Um ano após, a impressão ficou insustentável para a Pastoral da Juventude devido à grande popularidade entre os jovens.

O responsável Internacional da Fundação para a América Latina, Rafael D´Aqui, afirmou que em breve deverão ser impressos novos Youcat. Muitos bispos latino-americanos, de fato, pediram à Fundação que publicasse novas cópias deste formato do catecismo. Somente a Conferência episcopal da Bolívia receberá 25 mil e outras milhares de cópias deverão ser enviadas às dioceses de Cuba, Colômbia e Venezuela.

Na última JMJ, a Fundação contribuiu para a impressão de 700 mil exemplares em inglês, alemão, francês, italiano, polonês e espanhol. Em setembro passado, foram impressas 50 mil cópias em árabe e distribuídas aos jovens quando da visita de Bento XVI ao Líbano. As novas edições deverão contemplar também a língua chinesa.

Durante o último Sínodo dos Bispos, realizado em outubro, os padres sinodais consideraram o Youcat um instrumento indispensável para a Nova Evangelização.

Também muitas cartas são enviadas à Fundação, especialmente da América Latina. O bispo boliviano de El Alto, Dom Jesús Juárez Párraga, destacou o alto valor educativo do Youcat, “não somente em vista da próxima JMJ no Rio de janeiro, mas também durante este Ano da Fé”.

Já o Arcebispo colombiano de Medelín, Dom Ricardo Tobón Restrepo, afirma que o “Youcat consegue atrair os jovens, motivando-os a viver a sua fé em Jesus e a trabalhar em favor da nova evangelização, duas prioridades que os bispos da América Latina e do Caribe apontaran em 2007, por ocasião da Vª Conferência Geral em Aparecida.

“Ajuda à Igreja que Sofre” (AIS), é uma Fundação de direito pontifício, fundada em 1947 pelo Padre Werenfried van Straaten. Se destaca como a única organização que realiza projetos para apoiar o ministério da Igreja, especialmente onde é perseguida ou privada de meios para cumprir sua missão. Em 2011 arrecadou mais de 82 milhões de euros nos 17 países onde tem Representações. Realizou mais de 4.600 projetos em 145 países.

Fonte: RCR/RV

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s