Horário eleitoral custará mais de R$ 600 milhões

O horário eleitoral gratuito só é de graça para os políticos. Neste ano, vai custar R$ 606.123.827 aos cofres públicos. O valor é uma estimativa da Receita Federal de quanto o governo deixará de arrecadar em impostos para compensar as emissoras de rádio e TV do país pela exibição da propaganda política tanto os blocos de programas quanto as inserções avulsas.

Na hora de pagar o Imposto de Renda de Pessoa Jurídica, as emissoras abatem do lucro líquido o equivalente a 80% do que cobrariam de anunciantes caso o espaço ocupado por propaganda eleitoral fosse preenchido por anúncios. Isso compensa a perda de faturamento que rádios e TVs registram em épocas de campanhas eleitorais. A Receita Federal trata a renúncia fiscal do horário eleitoral como gasto tributário. Na mesma categoria, estão impostos que não são arrecadados por causa de benefícios sociais (como o o Prouni e o PAT – Programa de Alimentação do Trabalhador).

Com o PAT, em que as empresas têm benefício fiscal por oferecerem refeições gratuitas ou subsidiadas a seus funcionários, o governo deixará de arrecadar neste ano R$ 584 milhões em impostos. Com o Prouni, de acesso à universidade, serão R$ 784 milhões. Ou seja, a propaganda eleitoral custa mais caro ao governo do que alimentar todos os trabalhadores do país.

Fonte: Blog do Daniel Castro

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s